quarta-feira, 27 de maio de 2015

é hora de reassumir o leme...

Depois de um longo tempo sem escrever, um doutorado, uma filha e vários eventos depois, estou retornando com as postagens no blog.

E para o retorno a reflexão que trago é quanto a frase que uma Entidade me passou por esses dias: "em muitos casos, dentro dos Terreiros, temos que ensinar as pessoas a serem pessoas e não médiuns."

Resgatar a humanidade dos membros de uma corrente; lembrá-los de que sua individualidade interfere profunda e significativamente na coletividade; alertá-los da importância de pequenos gestos e simples palavras (um abraço sincero, um aperto de mão, um obrigado, me desculpe,...); relembrar a relevância de aprenderem sobre si mesmos e de seguirem regras básicas de convivência e organização; de saberem a sua hora de falar; de aprenderem a refletir sobre seus atos... tudo isso é tanto parte da aprendizagem mediúnica quanto ensinar a incorporar ou sobre as linhas de Umbanda. Sem os primeiros aspectos, os últimos são mal utilizados e perdem seu sentido sagrado.

Tenho que concordar...ser pessoa vem antes de ser médium!

Saravá!!!

Nelly

Um comentário:

Marcelo Silva disse...

Bom,muito bem lembrado... Antes de qualquer coisa, de qualquer crença, somos pessoas.. bjão, Nelly